Passar para o Conteúdo Principal
Logótipo CM Vagos

Prevenção Florestal

Prevenção Florestal

  • Risco de incêndio

    Respeitar o uso do fogo é defender a nossa floresta dos incêndios e valorizar o País.

    Consulte aqui como pode contribuir na defesa da floresta contra incêndios: http://www2.icnf.pt/portal/agir/boapratic/dfci.

    Para consultar o risco de incêndio consulte o seguinte link: http://www.ipma.pt/pt/ambiente/risco.incendio/#

  • Fogueira Queimas e Queimadas

    Lei nº 76/2017 de 17 de agosto

    Em todos os espaços rurais, durante o período crítico, não é permitido:
    • a) Realizar fogueiras para recreio ou lazer e para confeção de alimentos, bem como utilizar equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confecção de alimentos;
    • b) Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração.

    Em todos os espaços rurais, fora do período crítico e desde que se verifique o índice de risco temporal de incêndio de níveis muito elevado e máximo, mantêm–se as restrições referidas no número anterior.

    Requerimentos Fogueiras e Queimadas

  • Sensibilização florestal

    Com o objetivo de reduzir a incidência dos incêndios no Concelho, o Gabinete Técnico Florestal conjuntamente com a Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios no âmbito das ações de prevenção florestal, distribui panfletos, cartazes e manuais pelas Juntas de Freguesia, espaços da Câmara Municipal de Vagos e instituições relacionadas ou colaboradoras nas ações de prevenção e defesa da floresta contra incêndios.

    Proteção de edificações

    Proteção de Edificações

    • É obrigatória a limpeza de uma faixa não inferior a 50 metros na envolvente das habitações, armazéns, oficinas, fábricas ou outras edificações - n.º 2 do artigo 15.º do Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de junho, na sua atual redação.
    • Cartaz - Proteja a Floresta Pessoas e Bens
    Uso do fogo – espaços florestais e rurais

    Uso do Fogo - Espaços Florestais e Rurais

    Não é permitido a realização de queimadas, queimas de sobrantes agrícolas ou florestais durante o período crítico (O período crítico é definido anualmente por portaria)

    No resto do ano, antes de realizar queimadas, contacte a Câmara Municipal ou Junta de Freguesia.

    Proteja_a_Floresta_Pessoas_e_Bens

    Uso do fogo – espaços florestais e rurais-2

    Evite acumulações de material combustível junto às edificações (lenhas, palhas, madeira ou sobrantes de exploração florestal ou agrícola; bem como outras substâncias altamente inflamáveis na área envolvente à sua habitação) - n.º 2 do anexo B do Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de junho, na sua atual redação.

    manual floresta 2016

    Senhor campista, turista, peregrino e munícipe preserve a nossa floresta!

  • Gestão de Combustíveis (Limpeza de Matos e Corte de Árvores)

    Gestão de Combustíveis-Limpeza de Matos e Corte de ÁrvoresNo âmbito da Prevenção dos Incêndios Florestais e redução das suas causas, de forma a cumprir com os objetivos traçados no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, a Câmara Municipal de Vagos através do Gabinete Técnico Florestal lembra que segundo o Decreto-lei n.º 17/2009 de 14 de janeiro, os porprietários devem proceder à limpeza de matos e diminuição do número de árvores, próximo das habitações e outras edificações.

    Com a execução destes trabalhos, pretende-se a criação e manutenção da descontinuidade horizontal e vertical da carga de combustível, através da modificação e/ou remoção parcial ou total da biomassa vegetal, como forma de reduzir os efeitos da passagem de incêndios, bem como proteger pessoas e bens.