Passar para o Conteúdo Principal
Logótipo CM Vagos

FESTAS TROUXERAM A VAGOS MUITOS MILHARES DE PESSOAS

FESTAS TROUXERAM A VAGOS MUITOS MILHARES DE PESSOAS
1716377515970
1716377516041
1716377516079
1716377516121
1716377516166
1716377516200
1716377516225
1716377516264
23 Maio 2024

Terminaram ontem, as Festas do Município de Vagos, em honra do Divino Espírito Santo e Santa Maria de Vagos, e o balanço não poderia ser mais positivo. Cinco dias de gastronomia, concertos, espetáculos e muito fervor religioso, que foram experienciados por vários milhares de pessoas.

Desde 17 até ao dia 21 de maio o Município de Vagos voltou a estar em festa, oferecendo aos Munícipes vaguenses e aos muitos milhares que nos visitaram momentos que certamente ficarão na memória de todos os que tiveram a oportunidade de assistir.

Tudo começou no dia 17, com a abertura das tasquinhas gastronómicas da Junta de Freguesia de Vagos e Santo António que, depois de uma paragem em 2023, voltaram a dar sabor às festividades, tendo, ao longo de todo o evento, tido uma afluência assinalável, subdividida pelas sete associações que estiveram presentes.

Depois da inauguração, os caminhos levaram à Quinta do Ega para a primeira de muitas atuações no palco principal das Festas do Município de Vagos. Lá subiriam a Banda Vaguense acompanhando o cantor FF, para uma combinação de estilos que proporcionou uma qualidade musical assinalável reconhecida pelos milhares de espetadores que compareceram à chamada. Depois deste momento os ritmos mudaram com o DJ Maskarilha e o DJ Martinez a darem espetáculo, fechando da melhor maneira o primeiro dia das Festas.

Depois de algumas horas de sono, o sábado abriria nas ruas da Vila de Vagos com a arruada dos indefetíveis “Côdeas do Diabo” que animaram a manhã com a sua sonoridade, simpatia e boa disposição.

A noite principiaria com a estreia da peça do Grupo de Teatro Fantástico da Santa Casa da Misericórdia de Vagos. “As Hospedeiras” encheram por completo o auditório do Centro de Educação e Recreio de Vagos, com um público que apreciou o talento representativo dos atores do “Fantástico”.

Depois, foi só atravessar a estrada para voltar à Quinta do Ega, onde se preparava a atuação irreverente dos Moonshiners num blues/rock que cativou uma audiência que foi aumentando paulatinamente até encher o recinto para a tão aguardada atuação do mais reputado DJ nacional: KURA. As expetativas confirmaram-se em pleno e o espetáculo foi arrebatador em todos os sentidos, com o “plus” da travessia do já famoso meteorito nos céus de Vagos. A noite terminaria com o vaguense DJ Joni que, pela primeira vez pisou o palco da Quinta do Ega.

No domingo, as Festas do Município de Vagos começaram a mesclar o “sagrado” e o “profano” com a Procissão em Honra do Divino Espírito Santo a percorrer as ruas de Vagos, acompanhada pelos Bombeiros Voluntários de Vagos e pela Banda Vaguense, com imensa participação popular e o encerramento pontuado pela tradicional salva de foguetes.

Horas volvidas, as atenções voltaram-se novamente para a Quinta do Ega, onde se preparava a atuação do cabeça-de-cartaz Pedro Abrunhosa, acompanhado ao saxofone pelo vaguense Paulo Gravato. O recinto voltaria a estar cheio para a revisitação de muitos dos temas que marcam o imaginário de quem viveu os últimos 30 anos a ouvir as músicas do portuense com muito enfoque no álbum “Viagens”, quiçá o mais impactante da já muito longa carreira do autor. Um grande espetáculo musical foi o que tiveram a oportunidade de ver e ouvir os muitos milhares encheram o recinto e que, depois, tiveram o ensejo de vibrar com o espetáculo de fogo de artifício e com a atuação da dupla “Insert Coin” e de fechar a noite (já madrugada) com a vaguense DJ Nadja.

Estávamos já na segunda-feira, feriado Municipal, Dia do Município e de Santa Maria de Vagos. Mal os primeiros raios de sol espreitaram, os peregrinos dirigiram-se ao Santuário de Nossa Senhora de Vagos, vindos do concelho vaguense, mas também muito de Cantanhede e de outros pontos da região para momentos de fé e devoção a Nossa Senhora de Vagos. O Santuário encheu, tanto para a Eucaristia como para a sempre tão marcante partilha do bodo.

Enquanto isso, no palco montado na Praça do Município, preparava-se a entrega dos Prémios de Mérito Municipal aos melhores alunos das escolas do concelho, subdivididas pelo Agrupamento de Escolas de Vagos, Colégio de Calvão e EPADRV. Foram ainda distinguidos os trabalhadores do Município que se reformaram no ano de 2023. Tudo isto perante uma moldura humana de mais de um milhar de pessoas que preencheu a Praça do Município.

Mais uma enchente se confirmou para a belíssima Procissão das Velas que, desde o Santuário de Nossa Senhora de Vagos até à Praça do Município, congregou uma multidão de fiéis que tiveram a oportunidade de assistir à Serenata à Senhora de Vagos e à Noite de Fados, com as belíssimas vozes de Carolina Pessoa, Verónica Matias e Maria Inês Graça, acompanhadas pela guitarra portuguesa de Armindo Fernandes, a viola de fado de João Silva e o “baixo” de Fábio Rocha. Foi mais um ponto alto das Festas do Município de Vagos, que terminariam ontem com a tradicional sardinhada acompanhada pela dupla Paulo Matos e Diana Matos, no culminar de cinco dias que são sempre fantásticos.