Passar para o Conteúdo Principal
Logótipo CM Vagos

Município de Vagos e a Associação Florestal do Baixo Vouga assinam protocolo de colaboração

Img 8298 1 1024 2500
24 Abril 2018

O Município de Vagos e a Associação Florestal do Baixo Vouga assinaram no dia 22 de março de 2018, um protocolo de colaboração que irá permitir a rearborização da área afetada pelos incêndios de 2017. O ano de 2017 foi o ano mais grave da história da floresta portuguesa e, em resultado disso, é hoje do senso comum que a política de defesa da floresta contra incêndios deve refletir e integrar num contexto mais alargado de ordenamento e desenvolvi-mento do território, todos os intervenientes - governo, autarquias, empresas, produ-tores florestais e sociedade em geral.

Este protocolo, que irá apoiar os proprietários de terrenos florestais interessados em rearborizar as suas áreas ardidas, estabelece três tipologias de apoio para rearboriza-ção de áreas afetadas pelos incêndios: áreas com função de floresta produtiva, recu-perando assim o seu potencial produtivo; áreas com função de floresta de prote-ção/conservação com o objetivo de valorização do território e proteção de infraes-truturas; e áreas com função de floresta produtiva com objetivo de diversificação das produções.

Já no que aos níveis de apoio diz respeito, este protocolo estabelece ainda que serão apoiados projetos em áreas mínimas de 2ha, de forma individual ou conjunta e con-tínua, através da oferta das plantas e adubos de plantação; e projetos em áreas supe-riores a 6ha, de forma conjunta e contínua e com contrato de assistência técnica da AFBV, através do apoio de 30% do valor do investimento.

Desta forma, o Município de Vagos, coloca à disposição dos proprietários florestais de áreas ardidas, apoios que irão permitir a rearborização de áreas florestais com re-curso a projetos de fomento das boas práticas florestais, de valorização ambiental e social, promovendo assim o ordenamento rural e a rentabilidade económica.

Os proprietários florestais de áreas ardidas do concelho de Vagos, que pretendam informar-se sobre os apoios concedidos e condições necessárias para acesso, podem contactar o Gabinete Florestal da Câmara Municipal de Vagos, até 31 de maio de 2018, à terça-feira e sexta-feira, entre as 10:30 – 12:30 e 14:30 – 16:00.