Passar para o Conteúdo Principal
Logótipo CM Vagos

Eficiência energética no Pavilhão Municipal

Img 9538 1 1024 2500
Imag 1 1 1024 2500
Imag 2 1 1024 2500
16 Abril 2018

No passado dia 9 de abril, o Município de Vagos assinou o contrato de concessão de apoio financeiro respeitante aos incentivos financeiros ao abrigo do Plano Nacional de Ação Para a Eficiência (PNAEE) e do Fundo de Eficiência Energética.

O referido contrato resulta de uma candidatura efetuada ao Aviso 21 – Administração Pública Eficiente 2016, onde se prevê a implementação de medidas de eficiência energética no Pavilhão Municipal de Vagos.

O projeto visa o aumento da eficiência energética por via da substituição dos equipamentos existentes por outros mais eficientes.

Estão contempladas intervenções de melhoria dos sistemas de iluminação existentes, através da implementação de tecnologias de iluminação mais eficientes e, também, a instalação de um novo sistema de coletores solares térmicos para produção de águas quentes sanitárias (AQS), composto por um sistema misto de caldeiras murais de condensação a gás e apoiado por sistema solar térmico.

O custo total da operação é de 79.298,00€, ao qual corresponde uma comparticipação financeira não reembolsável no valor de 63.438,40€, correspondente a 80% do investimento total.

Com este investimento, prevê-se a redução da potência instalada na iluminação do edifício na ordem dos 65%, que se traduzirá numa redução de energia consumida na ordem dos 55%. Por sua vez, o novo sistema de AQS conduzirá a uma poupança anual combinada prevista na ordem dos 38% com os custos de energia (gás natural).

A poupança anual estimada é de 11.458,00€/ano, correspondendo a um período de retorno de investimento de 6,92 anos.

A definição deste conjunto de medidas a implementar encontra-se enquadrada na estratégia já aprovada pelo Município de Vagos aquando da adesão ao Pacto de Autarcas, assegurando-se assim a existência de uma estratégia única ajustada às necessidades do Município de Vagos no âmbito da melhoria da sustentabilidade energética.

O Município de Vagos tem este instrumento orientador, designado por PAES-Vagos (Plano de Ação para a Energia Sustentável), que está em concordância com as diretivas nacionais e europeias, naquilo que respeita às medidas de eficiência e sustentabilidade energética a tomar, com vista à redução das emissões de CO2.